Relação de amizade entre criança e cachorro

Melhores amigos: Já ouviu falar que os pets costumam ter uma ótima relação com as crianças?

Já imaginou que os melhores amigos das crianças podem ser os pets? E isso pode influenciar bastante no seu desenvolvimento!

Relação entre criança e hamster
Melhores amigos: Relação entre criança e hamster

Se você já tem um animal de estimação, sabe o quão bem ele faz à vida dos seres humanos, o que é maximizado quando a pessoa no caso é uma criança. Mas, para os pais desesperados que não sabem se os gastos com ração, remédio e visitas à clínica veterinária valerão a pena, segue a dica: especialistas em educação e psicologia afirmam que os benefícios da convivência entre crianças e pets são enormes.

Existe idade certa para ter um pet?

Não existe uma idade certa, mas uma recomentação, que varia de animal para animal. Para cachorros, gatos e peixes, por exemplo, é aos 3 anos, estabelecida por meio do parâmetro que crianças dessa idade possuem certa autonomia e já possuem habilidades motoras.

Já a de roedores, a idade média recomendada é de 4 anos. Esses bichinhos são dóceis, tranquilos e exigem uma manutenção barata. Entretanto, a avaliação dos pais para saber se os filhos estão aptos ou não a cuidar de um pet vale mais do que essa indicação, afinal, ninguém conhece melhor o filho do que os pais, não é?!

É importante lembrar que as atividades devem ser crescentes de acordo com a idade da criança, mas sem deixar de lado as orientações de cuidados para os pupilos, o que pode aproximar, mais ainda, você do seu filho, além de oferecer o melhor cuidado possível para o pet!

Pets e criança: entendam os comportamentos

Relação entre gatos e crianças
Melhores amigos: Entendam os comportamentos

Além de ser incumbida a criança mais responsabilidade, o comportamento do pet também é afetado. Confira o depoimento de nossa leitora:

“Sou de Belém e me mudei para São Paulo em 2011. No início de 2016 tive minha filha, a Elis e aos 3 meses a levei para conhecer minha casa em Belém. Porém, na minha antiga casa morava a a Molly, a cadela mais efusiva que já conheci! Ao contrário da Elis, que ficou apenas observando os passos da Molly, a cadelinha mudou totalmente o seu jeito de se comportar e começou a proteger mais a minha filha, além de querer cuidar e estar sempre próxima”. – Elva, 29 anos.

Mas nem sempre o pet é uma boa opção

Parece óbvio, mas ainda existem pais que adotam pets sem verificar se a criança é alérgica ou não. Por isso, fique atento! Além disso, ter a consciência de que a adoção é feita por amor e não por entregar um “brinquedo” ao filho é de suma importância, casos de abandono são comuns por esse motivo, e ter a certeza de que esse não é um passatempo ou algo passageiro é essencial para uma relação saudável e duradoura.

O que mais ajuda o desenvolvimento de uma criança

Cão auxilia no aprendizado humano
Melhores amigos: O que mais ajuda o desenvolvimento de uma criança

A presença do cachorro não abona a convivência saudável com a família e uma educação infantil bem estruturada, que também são fatores muito importantes no desenvolvimento de uma criança.

Vocês já tiveram algum caso parecido com o de nossa leitora? Seus filhos e pets tem uma relação saudável? Conte nos comentários!

No votes yet.
Please wait...

Leave a Reply