porque-adestrar-meu-cachorro

Porque adestrar meu cachorro?

Nesse post vou falar sobre a importância de adestrar o cachorro, mesmo que ele já esteja em fase adulta, o ideal mesmo é adestrar quando o seu cachorro ainda é filhote.

Muitos pensam que adestrar um cachorro, significa ensinar o cachorro fazer xixi e cocô no lugar certo, ou ensina-ló a não pular nas visitas, ensinar a parar de morder os móveis, etc… O adestramento vai mais além, em primeiro lugar você estará estabelecendo uma comunicação entre você e seu amigo, e com quem mais vive com ele, irá torna-ló mais alegre, mais ágil e mais dócil.

Você deve estar se perguntando qual é o grau de dificuldade e quanto tempo leva para adestrar o cachorro.

Na verdade tudo vai depender da sua dedicação e da sua persistência, nada vai adiantar se você quer, por exemplo: ensiná-lo a dormir em um determinado cantinho, se você o deixa dormir cada dia num lugar, um dia na casinha, outro na sala, ou, se você só se dispõe a ensina-lo uma vez ou outra. Isso não significa que você ficará meses adestrando o seu cachorro, você deve manter uma rotina diária, tenha paciência e carinho que logo ele irá obedecer aos seus comandos.

Lembrando que quanto antes você ensina-ló, ou seja, se ele for um filhotinho os resultados serão mais satisfatórios e ele irá aprender mais rápido. Mas se o seu cachorro já for adulto, terá um pouquinho mais de trabalho, porque ele já cresceu em um lar sem regras, sem disciplinas, mas isso não significa que será impossível.

Sabe aqueles truques: senta, deita, rola? São truques simples e divertidos, pode aparecer até bobo, mas que beneficia muito o seu cãozinho, que com um tempo você irá perceber a mudança até mesmo em seu comportamento.

Outra dica legal de adestramento para cães que pulam nas visitas quando chega em sua casa é o truque do “Bob finge de morto”, toda vez que chegar alguém em casa ele irá fingir-se de morto, sendo assim, com um tempo não irá pular nas visitas. Imagina uma visita com uma roupa branca e seu cachorro vem com as patas sujas e pula na pessoa, você com certeza ficaria constrangido.

Importante
Para começar a adestrar o seu amigo de quatro patas, você terá que dividir as etapas, para que ele assimile cada uma. Para acelerar esse processo você deve:

  • Faça um cronograma, por exemplo: essa semana irei ensina-ló a “fingir de morto” e o treinamento irá durar 30 minutos, semana que vem vou ensina-lo a não comer as plantas, por exemplo.
  • Caso ele não esteja conseguindo similar os truques , detalhe o truque, exemplo: você quer que ele pegue a bolinha, ao invés de simplesmente jogar e esperar e ele busque, diga a ele que aquilo é uma bolinha para brincar, jogue você e você mesmo busque a bola, ele irá observar os seus gestos e movimentos.
  • Para deixa-ló mais feliz e confiante, tenha em mãos os petiscos que ele gosta, e toda vez que ele acertar de um a ele.
  • Todo processo de adestramento deve ser alegre e divertido para ambos, nada vai adiantar se você ou o “Bob” estiverem cansados e estressados.
  • Para adestrar um cachorro NÃO é preciso usar força nem berros.
  • Se você estiver encontrando algum problema no comportamento do seu cão é sinal de que ele precisará de mais sessões de treinamento.

Assim como os humanos, os cachorros não nascem prontos, sabendo o que pode e o que não pode, com esses truques e dicas, você estará não só adestrando o seu peludinho, mas conhecendo-o melhor, dedicando-se um pouco mais à ele. Tanto você quanto ele estarão terão momentos felizes.

Adestrar o seu cachorro você estará:

  • Tornando-o mais sociável.
  • Ele sempre saberá o que pode o que não pode fazer.
  • Terá uma velhice mais saudável.
  • Será mais alegre e dócil.
  • E terá mais amigos.
  • Passaram mais tempos juntos, fortalecendo a amizade e o amor entre vocês.

Veja outros artigos falando sobre adestramento.

Rating: 5.0. From 3 votes.
Please wait...

Leave a Reply